Confiança do comércio cresce 23,8% em junho

Vendas de maio mostram tendência de recuperação no comércio de Ribeirão Preto
23 de junho de 2017
Temer sanciona lei que permite ao comércio dar desconto nos pagamentos à vista
27 de junho de 2017

Com expectativas de aumento de vendas e influenciado por reformas econômicas, otimismo dos empresários avança

Diante das expectativas de aumento de vendas, a confiança dos empresários do comércio voltou a crescer em junho. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o avanço foi de 23,8%. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), e foram divulgados nesta terça-feira (20).

Com esse incremento, o indicador alcançou os 102 pontos. Semelhante a um termômetro, quando essa pontuação supera a marca de 100 significa confiança em alta. Números abaixo dessa linha podem sugerir pessimismo.

A avaliação dos empresários em relação à economia foi o principal combustível para esse aumento da confiança. Frente a junho do ano passado, houve um incremento de 160,1%. Os comerciantes também estão mais otimistas com o setor (+72,8%) e com a própria empresa (+45%).

“A queda nos preços do varejo e o processo de redução do custo do crédito aos consumidores têm influenciado a avaliação mais positiva das condições correntes”, avaliou a economista da CNC Izis Ferreira.

Futuro do comércio

As expectativas para os próximos meses também colaboraram para o aumento da confiança. Nesse quesito avaliado, a melhora foi de 13,4%. Eles também apostam em um cenário cada vez melhor, no futuro, para a economia (+19,1%), para o setor (+12,7%) e para empresa (+9,5%).

Segundo a CNC, o cenário indica que há sinais de retomada das vendas no curto prazo. Para 2017, a entidade estima que o volume de vendas do comércio deve avançar 1,4% frente a 2016.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) detecta as tendências do setor, do ponto de vista do empresário. A amostra é composta por aproximadamente 6.000 empresas situadas em todas as capitais do País.

Fonte: Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *