Dólar fecha em queda, mas segue acima de R$ 3,80

Faturamento do varejo paulista encerra 2018 com alta de 5,3%, aponta FecomercioSP
12 de março de 2019
Vendas do varejo sobem 0,4% em janeiro ante dezembro de 2018, revela IBGE
14 de março de 2019

A moeda norte-americana caiu 0,7%, a R$ 3,8141 na venda

O dólar fechou em queda nesta terça-feira (12), com a tramitação da reforma da Previdência sob as atenções dos investidores, em semana que deve ter a instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara.

A moeda norte-americana caiu 0,7%, a R$ 3,8141 na venda. Veja mais cotações. Já o dólar turismo era vendido perto de R$ 3,95, sem considerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Após iniciar a semana otimista sobre a reforma da Previdência, o mercado segue monitorando avanços na tramitação, com expectativa de que a CCJ seja instalada na quarta, destaca a Reuters.

No entanto, a CCJ, primeiro colegiado que apreciará a proposta, só votará a reforma da Previdência depois que o governo enviar a proposta com as novas regras para aposentadoria de militares, informaram líderes na noite de segunda-feira.

“Deixadas de lado as polêmicas, o mercado volta a focar nas movimentações ligadas à Previdência, e isso tem permitido desde segunda-feira parte da devolução das pressões da última semana”, afirmou à Reuters o economista da Tendências Consultoria, Silvio Campos Neto.

Cenário externo
No cenário internacional, o mercado repercute a votação do Brexit no Reino Unido. O Parlamento britânico rejeitou nesta terça-feira (12) mais uma vez o acordo proposto pela primeira-ministra Theresa May para o Brexit, aproximando o Reino Unido de uma saída sem acordo da União Europeia no próximo dia 29, de um adiamento deste prazo, ou, embora seja uma hipótese pouco provável, até mesmo de um novo referendo.

Outro fator que segue sob as atenções do mercado, segundo disse ao Valor Online Alessandro Faganello, operador na Advanced Corretora, é percepção de que o Federal Reserve se manterá “paciente” no ciclo de alta de juros nos Estados Unidos. “Os dados de inflação nos Estados Unidos foram modestos e mostram que desaceleração econômica está mantendo a inflação sob controle”, afirmou.

Atuação do BC
O Banco Central vendeu nesta sessão todos os 14,5 mil swaps cambiais tradicionais ofertados em leilão, equivalente à venda de dólar futuro. Assim, neste mês, já rolou US$ 3,625 bilhões, cerca de um terço dos US$ 12,321 bilhões que vencem em abril.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *