Dólar fecha em queda nesta terça, abaixo de R$ 3,80

Faturamento do varejo paulista tem alta de 7,3% em abril e atinge R$ 52,9 bilhões
10 de julho de 2018
Índice de confiança do empresário do comércio cai 4,4% no mês de junho e registra o menor patamar do ano
12 de julho de 2018

A moeda norte-americana caiu 1,85%, vendida a R$ 3,7994

O dólar fechou em queda nesta terça-feira (10), de olho na cena externa e após feriado em São Paulo na véspera que manteve o mercado de câmbio praticamente parado, destaca a Reuters.

A moeda norte-americana caiu 1,85%, vendida a R$ 3,7994. Já o dólar turismo era vendido perto de R$ 3,96, sem considerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

“Pode ser um ajuste ao longo do que ocorreu ontem… Temos um respiro hoje nas moedas, sem olhar para fora não dá para explicar o movimento aqui dentro”, afirmou à Reuters o gerente da mesa de câmbio do banco Ourinvest, Bruno Foresti.

No exterior, o dólar era negociado praticamente estável em relação a diversas moedas moedas, depois de passar boa parte do dia em alta, e cedia frente a algumas moedas de países emergentes, como o peso chileno, num dia marcado por relativa tranquilidade diante do cenário de guerra comercial global entre Estados Unidos e China.

Nenhum dos dois lados deu novo passo nos últimos dias depois de terem adotados tarifas sobre US$ 34 bilhões em bens um do outro na semana passada, alimentando temores de batalha prolongada.

Cenário político
Como pano de fundo, permanecia a cena política local a poucos meses das eleições presidenciais de outubro e o imbróglio jurídico do fim de semana que envolveu a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“O mercado parece não estar se preocupando muito com o que aconteceu com o ex-presidente, mas está todo mundo de olho nos próximos capítulos”, afirmou à Reuters o operador de câmbio da corretora H.Commcor, Cleber Alessie Machado.
Depois de vaivém que durou praticamente todo o domingo passado, o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Carlos Eduardo Thompson Flores, decidiu acatar um recurso do Ministério Público Federal e manteve a prisão de Lula.

Antes da decisão de Thompson Flores, o desembargador Rogerio Favreto, responsável pelo plantão do TRF-4, chegou a determinar por três vezes que Lula fosse solto.

O mercado monitora os rumos da discussão sobre a prisão de Lula em busca de pistas de como ficará o cenário eleitoral em outubro.

Atuação do BC
O Banco Central brasileiro ofertou e vendeu integralmente 14 mil swaps tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em agosto, no total de US$ 14,023 bilhões.

Com isso, rolou o equivalente a US$ 4,2 bilhão do total que vence no próximo mês. Como tem feito recentemente, o BC não anunciou intervenção extraordinária no mercado de câmbio para este pregão, por enquanto.

No último pregão, a moeda norte-americana terminou em alta de 0,02%, cotada a R$ 3,8710.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *