Estudo: o varejo do Brasil está pronto para o consumidor na era dos dados?

Governo foca em ‘pequenas reformas’ para impulsionar indústria e comércio
26 de agosto de 2019
Dólar já é vendido por até R$ 4,60 em casas de câmbio
28 de agosto de 2019

Boa notícia para o varejo: na visão dos consumidores esse é o setor mais avançado digitalmente. Segundo eles, a presença das lojas em motores de busca, redes sociais e plataformas móveis é mais relevante em comparação com outros setores do mercado, como bens de consumo e educação. Mesmo assim, o varejo ainda precisa evoluir muito quanto ao uso estratégico de dados ao longo da jornada do cliente.

É o que aponta uma análise do estado do varejo brasileiro realizada pelo Pipz Platform para entender como as lojas online e offline estão se preparando para os novos hábitos de consumo digitais.

Ainda que em média 54% do varejo seja visto com bons olhos pelo público por conta da presença e engajamento digital, 75% das empresas varejistas elaboram campanhas com dados próprios sem integração e/ou ativação em diferentes canais de mídia, o que dificulta o cálculo do ROI e mensuração de resultados.

O estudo ainda traz informações sobre a ascensão do m-commerce, que é responsável por mais de 35% de todos os pedidos realizados via Internet – um total de 43 milhões de compras feitas em dispositivos móveis. E 56% dos varejistas afirmaram que pretendem aumentar o investimento em estratégias mobile nos próximos anos.

Se você quer conhecer o novo comportamento do cliente e prosperar no mercado do varejo, baixe agora o Ebook Estado do Varejo Brasileiro na Era dos Dados.

Clientes querem experiências cada vez mais personalizadas
A personalização é outra tendência que está tomando força nos últimos anos. Antes usada apenas como recurso de engajamento, a comunicação customizada se tornou um requisito para atender a expectativa do cliente. No Brasil, 73% dos compradores acham importante quando as lojas enviam ofertas personalizadas em tempo real com base em histórico de compras. No entanto, apenas 44% estão satisfeitos em como o varejo aplica esse tipo de personalização.

Em outras palavras, investir em comunicação segmentada com base nos dados de comportamento do cliente é um fator importante para uma boa experiência. Isso precisa estar no radar de qualquer negócio que queira crescer enquanto acompanha o dinamismo do mercado.

Conhecer o cliente é essencial para o crescimento
A chave para o sucesso do varejo é entender o comportamento do novo consumidor. Só assim as lojas, sejam elas online ou offline, podem desenvolver campanhas e estratégias precisas e alcançar os resultados esperados de vendas.

Sabendo disso, o Pipz Platform produziu o Ebook Estado do Varejo Brasileiro na Era dos Dados com o objetivo de realizar um levantamento de como as empresas varejistas do Brasil estão desenvolvendo estratégias de negócio e ações para acompanhar a nova jornada de compra.

A análise foi realizada em cinco dimensões, que exploram:

A maturidade digital do varejo quanto ao uso estratégico de dados;
A presença de dispositivos móveis na jornada de compra;
Como o mercado investe em softwares e tecnologia;
O estado do varejo omnichannel no território brasileiro;
O papel da personalização na decisão de compra do usuário.

Fonte: E-commerce Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *