Queda da inflação vai favorecer a recuperação da economia em 2017

Confiança do comércio no Brasil sobe em janeiro para o maior nível desde outubro, diz FGV
27 de janeiro de 2017
Empresários iniciam ano mais dispostos a contratar e investir do que em janeiro de 2016
31 de janeiro de 2017

A inflação brasileira deve continuar em trajetória de queda em 2017 e, consequentemente, o arrefecimento da alta dos preços deve favorecer a recuperação da economia, avalia Julia Ximenes, da assessoria econômica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

“Para o próximo ano, a gente deve ter preços em patamares mais comedidos do que verificamos este ano. Devemos ter menos pressão de custo, porque tem menos aumentos para acontecer”, diz a economista.

De acordo com ela, ao longo de 2016 os preços estiveram bastante pressionados no primeiro semestre, mas o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial de inflação do País, demonstra que a trajetória de queda vista no segundo semestre deve continuar.

“Quando olhamos o medidor oficial, que é IPCA, dos nove grupos avaliados, já começamos a ter quatro deles com queda, com variação negativa. É o que costumamos chamar de aumento na dispersão de quedas. Isso também é bastante favorável para a situação da formação de preços em geral. É o início da indicação que estamos começando a sair desse processo inflacionário em que vínhamos até o momento”, afirma Julia.

Um ponto importante levantado pela assessoria econômica da FecomercioSP é que o arrefecimento inflacionário deve abrir espaço no orçamento das famílias, ainda muito pressionado pela alta dos preços.

“É importante pensar que quando olhamos essa tendência para o próximo ano, se vamos ter menos pressão em alimentos, habitação e serviços de transporte, estamos falando de um montante de mais ou menos 60% da renda das famílias. Então vamos ter um alívio bem forte no bolso do consumidor, começar a ter uma restrição de renda menor e isso vai acabar favorecendo bastante uma retomada do crescimento econômico e na recuperação dessa crise que estamos enfrentando”, avalia Julia.

Fonte: FECOMÉRCIO/SP <http://www.fecomercio.com.br/noticia/queda-da-inflacao-vai-favorecer-a-recuperacao-da-economia-em-2017>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *