Roupas e sapatos impulsionam vendas do comércio em agosto

Comércio varejista estima movimentar R$ 7,4 bi com Dia da Criança
10 de outubro de 2018
Varejo cresce bem acima das projeções
15 de outubro de 2018

Dados apontam crescimento de 1,3% no comércio varejista, resultado que representa a primeira alta depois de três quedas consecutivas

O comércio de roupas e sapatos foi um dos maiores responsáveis pelo aumento das vendas no mês de agosto, segundo a PMC (Pesquisa Mensal do Comércio) divulgada nesta quinta-feira (11) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado de agosto foi o primeiro positivo depois de três quedas consecutivas.

O volume de vendas registrou crescimento de 1,3% no mês em comparação com julho anterior. Os combustíveis e lubrificantes aparecem em segundo lugar das vendas (3%) e, em terceiro, os artigos de uso pessoal e doméstico (2,5%).

Os móveis e eletrodomésticos também tiveram resultado positivo de vendas, com aumento de 2%. Em seguida aparecem os artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,9%), hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,7%) e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (0,6%).

O único setor avaliado pelo IBGE que vendeu menos no período foi o de livros, jornais, revistas e papelaria, que registrou queda de 2,5%.

As vendas do comércio acumulam crescimento de 2,6% de janeiro a agosto deste ano. Já no acumulado de 12 meses, o aumento das vendas é de 3,3%.

Em comparação com agosto de 2017, houve crescimento de 4,1% nas vendas do comércio varejista.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *